Macaco Rosca Sem Fim


Macaco rosca sem fim

ÁREAS DE APLICAÇÃO

1)PRODUÇÃO:
Máquinas operatrizes, prensas, dispositivos tensionados, mesas de elevação, alimentadores de materiais, equipamentos basculantes, máquinas de processamento de plástico, assim como máquinas de teste.

2)MONTAGEM E MANUTENÇÃO:
Andaimes, mesas de montagem, plataformas de trabalho, dispositivos de elevação, elevadores para veículos.

3)ARMAZENAGEM E TRANSPORTE:
Mesas elevatórios, dispositivos de regulagem de prateleiras, plataformas que podem ser reguladas para cada altura de veículo. Unidades motrizes para pontes de acesso de passageiros em aeroportos.


4)LAMINADORES E FUNDIÇÃO:
Mesa de empilhamento para chapas, regulagem dos rolos laminadores, cadinhos. Motorização para fornos giratórios.

5)FUNDIÇÃO DE ALUMÍNIO:
Regulagem de eletrodos.

6)CONSTRUÇÃO:
Dispositivos viradores e encaixadores de elementos pré-moldados, janelas escamotiáveis, paredes, andaimes, assim como motorização de palcos de teatro, salões de esportes ou outros fins.

7)OBRAS HIDRÁULICAS E PONTES:
Motorização para comportas, carros para controle de pontes, cais elevatórios.

8)PESQUISA:
Diversas instalações para pesquisa nuclear e institutos, assim como dispositivos de fechamento para câmara quente e laboratório de isótopos, regulagem de pistão e aparelhos de elevação para túneis de vento e cyclotrons.
 



Macaco rosca sem fim
  

 

 

DESCRIÇÃO

    

P0,5

P2,5

P5

P10

P15

P20

P25

P50

P100

CARGA ESTÁTICA MÁXIMA (kgf)

 

500

2.500

5.000

10.000

15.000

20.000

25.000

50.000

100.000

DIMENSÕES DA ROSCA DO FUSO - Tr - DIN 103

 

18x6

30x6

40x7

58x12

58x12

65x12

90x16

120x16

160x20

RELAÇÃO DE 

TRASMISSÃO NO REDUTOR

STD

10:1

6:1

6:1

7 2/3:1

7 2/3:1

8:1

10,2/3:1

10,2/3:1

12:1

BAIXA "L"

-

24:1

24:1

24:1

24:1

24:1

32:1

32:1

36:1

CURSO POR ROTAÇÃO COMPLETA DO SEM FIM (mm)

STD

0,6

1

1,17

1,56

1,56

1,5

1,5

1,5

1,67

BAIXA "L"

-

0,25

0,29

0,5

0,5

0,5

0,5

0,5

0,56

POTÊNCIA MÁXIMA EM HP POR UNIDADE A 20 GRAUS DE TEMPERATURA AMBIENTE

     

0,16

0,6

1,5

3,5

3,5

5

6,5

10

17

TOQUE A PLENA CARGA (kgm)

STD

0,23

1,86

3,95

11,9

17,9

24,0

36,6

86,7

200,0

BAIXA "L"

-

1,67

1,98

6,0

9,0

12,2

21,7

48,8

118,3

EFICIÊNCIA

( %)

STD

21

21

23

20,5

20,5

19,5

16

13,5

13

BAIXA "L"

--

11

11,5

13

13

12,8

9

8

8

CARGA DE TRAÇÃO: COMPRIMENTO MÁXIMO DO FUSO (mm)

 

600

1.500

2.000

2.500

2.500

3.000

3.500

4.000

5.500

CARGA DE COMPRESSÃO:

COMPRIMENTO MÁXIMO DO FUSO (mm)

S/GUIA   EULER I

150

250

350

400

400

490

850

850

350

C/GUIA EULER II

300

500

720

850

850

980

1.700

1.700

700

PESO COMPLETO SEM FUSO (kg)

     

1,2

7,3

16,2

25

25

36

70,5

176

538

PESO POR 100mm DE FUSO (kg)

     

0,14

0,45

0,82

1,68

1,68

2,1

4,15

7,7

13,85

 

 

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

1) TIPOS DE CONSTRUÇÕES:

"Fuso de Movimento Axial"

O torque do motor ou da  manivela é transmitido pela rosca sem fim a coroa: esta tem uma rosca interna e transforma o seu movimento de rotação em movimento de translação axial do fuso, se este for impedido de girar.

"Fuso  Giratório | Porca de Translação"

A diferença de função com anterior é que a coroa é solidária  ao fuso e por isso gira junto com ela. A porca de translação está fora da carcaça  para impedir a rotação e suportar a carga.

2) POSIÇÃO DE OPERAÇÃO:

Nos dois tipos de construção o fuso poderá sair da carcaça. No  Modelo "A" (normal) o fuso sai para cima da carcaça e no Modelo "B" (invertido) sai para baixo. Os dois modelos podem receber esforços de tração ou compressão.

3) MODELOS DE CABEÇOTES:

As extremidades dos furos podem ser fornecidas nas seguintes versões:

CABEÇOTE I - Ponta de eixo lisa (ajuste K6)

CABEÇOTE II - Flange com 4 furos parafusada no cabeçote III e pinada.

CABEÇOTE III - Rosca Métrica.

CABEÇOTE IV - Cilindro com duas laterais planas  e furo transversal rosqueado no cabeçote III e pinado.

EXEMPLO DE ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA:

Modelo P5 - 1- A - II - 300 - P

P5= Capacidade de 50KN - 5 ton.

A= Posição de operação normal

II = Modelo de cabeçote: flange com 4 furos.

300 = Curso do fuso: 300mm. 

P= Proteção sanfonada no fuso.

  • Macaco rosca sem fim
  • Macaco rosca sem fim



  • Macaco rosca sem fim


  • 02 - TIPO DO ROLAMENTO

    Ao adquirir macacos de rosca sem fim, por favor verifique o tipo do rolamento que o fabricante equipa o macaco ofertado: ROLETES ou  ESFERAS? Primeira ou segunda linha?

     

  • Macaco rosca sem fim
  • Macaco rosca sem fim
  • Macaco rosca sem fim
  • UMA FOTO VALE POR MIL PALAVRAS!!!



  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim
  • ]

  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim

  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim


  • Macaco rosca sem fim




  • Macaco rosca sem fim



  • Macaco rosca sem fim



  • Macaco rosca sem fim